domingo, 28 de agosto de 2016

O Vício dos Smartphones


Há algum tempo já vem me incomodando o tanto que as pessoas dão atenção aos smartphones.
Eu não tenho a mínima vontade de conversar com alguém quando a pessoa está no celular. Está faltando bom senso. Afinal, a tecnologia aproximou as pessoas?
Na minha opinião: "Aproximou quem está longe e distanciou quem está perto".
Você já esteve numa mesa com amigos e pegou o celular na mão simplesmente pq todo mundo estava com ele? Já teve vontade de ir embora achando que a "confraternização" era uma perda de tempo? Eu já.

Já foi em algum show ou jogo de futebol e viu gente gravando o show/jogo inteiro ao invés de curtir?
Gravar show cover de banda: Ninguém vai querer assistir o que você gravou.
Shows grandes: Vai ter uma gravação muito melhor que a sua, então pra que gravar?

Bom senso no uso pessoal, há coisas mais importantes (atenção, comida e dormir, como diria meu cachorro), e sua presença ausente pode estar incomodando as pessoas.

Abraço.


Exemplificando:

domingo, 7 de agosto de 2016

Resultados de Julho - Novo Topo


Mais um ótimo resultado. Simplesmente todas as ações da carteira valorizaram.

Eu já estou ficando receoso com tanta euforia pelo mundo. 
Títulos públicos com juros negativos são uma aberração na minha cabeça de brasileiro que ganha pelo menos 6% acima da inflação com títulos públicos. Isso leva os investidores a procurar o risco, e sustenta uma alta nas bolsas mundiais que vem desde 2009. BRexit não fez nem cócegas em todo esse otimismo.
Começa a bater a vontade de realizar lucro, mas vou manter a minha ideia inicial e não vender nada até as próximas eleições. Aportar na bolsa anda difícil, continuo fazendo novos aportes na RF.

Abaixo os resultados:

Total Patrimônio: R$ 189521,06 (+9,66%)


Rumo aos 200 mil!!!