sábado, 30 de junho de 2018

Resultados de Junho - R$292625,43 (-2,09%)


Está complicado ganhar dinheiro este ano. Mais um mês no negativo, aproveitei para comprar algumas ações do banco ABC com o aporte do mês, pois além do salário também houve o vencimento de um CDB. As oportunidades na bolsa vão aparecendo aos poucos, acho que ainda não é a hora de deslocar grandes volumes da RF para RV, ainda não vejo um desespero ocorrendo, e acho que o fluxo para investimentos do tesouro americano pode aumentar muito mais.
No trabalho ocorreram algumas mudanças de pessoal, e o volume de trabalho para mim está insano. Já não sei o que respondo primeiro e está complicado manter a organização. Mas isso é necessário, não adianta ir empurrando tudo com a barriga sem organização pois no fim você acaba perdendo mais tempo para achar o que precisa.
Vamos lá para que Junho seja melhor nas finanças...ou não... um lado de mim gosta de ver o patrimônio subindo, o outro lado quer que desabe tudo para comprar mais ações heheheh

Segue abaixo a carteira de fechamento do mês. Rentabilidade do ano foi para o negativo.



quinta-feira, 7 de junho de 2018

Nova compra e explicação rápida do momento do dólar e da bolsa


Boa noite caros colegas da finansfera.
Devido a recente queda da bolsa de valores e o vencimento de um dos meus CDB's, resolvi fazer uma parte do aporte na bolsa neste mês.
Comprei hoje mais 200 ações do banco ABC (ABCB4) por R$15,17 cada.
Um banco bem fundamentado, com bom histórico de lucros e de dividendos por um bom preço.

E uma breve explicação do nosso país na visão de um gringo.

Um mês atrás:
-Caramba, tá baixo esse juro no Brasil hein. Parece que vai subir lá em casa, acho que é vantagem eu começar a migrar o dinheiro pra lá.

Uma semana atrás:
-Puta que o pariu, 7 dias esse paíseco parado por causa de greve. E ainda parece que vão f*** com a política da Petrobrás. Melhor eu tirar meu dinheiro mais depressa dessa espelunca.

Ontem:
-Minha nossa, já não bastava estar ruim assim, ainda querem Bolsonaro ou Ciro pro ano que vem, vendeeee tudoooo.

Até mais, vamos tentando ver o lado bom de tudo isso...


sábado, 2 de junho de 2018

Fechamento mai/18 = R$298900,55 (-4,9%)


Por muito tempo venho deixando este blog abandonado. Vou voltar a postar, pois eu gosto muito de ler os blogs, mas sinto que falta eu participar um pouco mais. Também estou com a ideia de fazer alguns posts sobre o que eu venho pensando, para gerar mais discussão e não ficar somente o post chato do fechamento do final do mês.
Este mês foi terrível para a carteira. Sabe quanto essa perda me afeta emocionalmente? Nada. De fato, apesar de gostar de ver a carteira batendo recorde mês a mês, são nestas quedas que eu começo a sentir vontade de aportar mais. Eu não faço trades, aprendi a muito tempo que isso suga muita energia pra pouco resultado. Meu foco é acumular ações. Há muito tempo que eu não estou mais comprando ações, só guardando em renda fixa esperando o melhor momento de comprar ações a bons preços.

Então vamos aos resultados do mês:

Nas ações, tudo no vermelho. Ao menos recebi um dividendo gigantesco da Bradespar para segurar um pouco o ferro. Com isso, já recebi em dividendos da Bradespar o correspondente a 48% do valor que paguei nas ações da mesma. E a Eternit, parece que vou ver ela virar pó.

Sem novidades por aqui. Todos os aportes hoje em dia estão indo para liquidez diária.
Mês foi tão ruim que até a renda fixa do tesouro desvalorizou.
Com isso, estes são os resultados acumulados. O péssimo resultado do mês, trouxe a rentabilidade do ano para baixo. Mas a acumulada continua indo bem. (Acumulada desde Novembro/2014)

Além destes valores, ainda contabilizo para o patrimônio outros como poupança, conta corrente, dinheiro físico. Estes valores não conto para cálculo de rentabilidade da carteira.


Total patrimônio: R$298900,55 (-4,9%)


segunda-feira, 7 de maio de 2018

Dois gráficos interessantes

Primeiro, um gráfico que mostra a divisão da minha carteira de investimentos ao longo do tempo.
Como podem ver, a participação das ações na minha carteira está praticamente no topo da série histórica, ocupando metade da carteira. Porém...
Tudo fruto da bela performance que a carteira vem tendo. Faz muito tempo que não aporto em ações, todos os aportes estão indo para renda fixa. Minha estratégia para voltar a comprar ações é pacientemente aguardar bons preços. Também não pretendo vender nada da minha carteira de ações tão cedo. Vamos surfando na onda e vendo aonde ela nos leva.

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Primeira Venda!


Não sei quando essa euforia com a bolsa vai acabar, eu nem estava pretendendo vender nada tão cedo, mas fiz minha primeira venda.

E a escolhida foi BBDC4.

BBDC4 já está com um PL de 14. Está no topo histórico. Eu não vejo como ainda ir muito pra frente. E como mesmo que um dia eu decida que devo vender todas as minhas ações eu não posso fazer por causa do limite de vendas de 20 mil reais mensais, eu acho mais prudente ir vendendo aos poucos o que eu achar que está sobrevalorizado.

Em resumo:
Compra de 100 ações em fevereiro de 2016 ao custo de R$1810
Venda de 121 ações em agosto de 2017 com receita de R$4100,94
Dividendos/JCP/Aluguel recebido no período = R$133,20

Total ganhos:
4100,94+133,20-1810 = R$2424,14 (+134%) (4,86% a.m.)

sábado, 11 de fevereiro de 2017

Evolução da carteira de ações


Bela evolução desde que voltei a investir em renda variável. Grande parte alavancado por BRAP3 que disparou nesse tempo. Dividendos está contando todos os proventos (JCP+Dividendos+Aluguel+Subscrições)

Você pode conferir a minha carteira aqui:
http://viralatainvestidor.blogspot.com.br/2016/03/carteira-de-acoes-no-verde.html

Meus posts são esporádicos mesmo, as vezes eu animo de escrever, as vezes desanimo, fico bitolado de postar o patrimônio por questões de segurança, vamos ver o que eu penso desse blog daqui pra frente.

Abraço.

sábado, 12 de novembro de 2016

All in na Bovespa


Ano passado eu já tinha feito uma escala que colocava o all in na bolsa em 39k. Pegou os 39k mas eu não tive coragem. Faz um tempão já que eu não aporto nada na bolsa e parece que agora começou a promoção. Essa é minha ideia:


58500 = 7,5K (90% de 65000)
55250 = 10K (85% de 65000)
52000 = 10K (80% de 65000)
48750 = 15K (75% de 65000)
45500 = ALL IN (70% de 65000)

O all in no caso seria tirar tudo que tem liquidez e passar pra bovespa. RF sem liquidez fica de fora.

O que acham? Maluquice? Mal escalonado? Comentem.

Btw, assisti denovo esse filme hoje, e no final das contas, é assim que as coisas funcionam: